Arm anuncia GPU Immortalis-G715 com Ray Tracing e as novas Mali-G715 e Mali-G615

Marcos Gonçalves da Silva
Arm Immortalis-G715, Mali-G715 e Mali-G615

Arm anunciou três novas GPUs, Immortalis-G715 que traz suporte para Ray Tracing e também revelou as novas Mali-G715 e Mali-G615.

Com as novas CPUs Cortex-X3, Cortex-A715 anunciadas e Cortex-A510 melhorada, os núcleos estão mais eficientes e mais rápidos em geral.

Agora a Arm está anunciando as sua novas GPUs, que chegam com muitas novidades e melhorias no desempenho.

Novas GPUs da Arm trazem mais desempenho, VRS, ML e novo motor

As novas GPUs da Arm, Mali-G715, Mali-G615 e Immortalis-G715 chegam com 15% a mais de desempenho em comparação com a geração anterior de GPU da empresa, então temos melhorias na performance.

Arm Immortalis-G715, Mali-G715 e Mali-G615

Além do desempenho melhorado, a empresa afirma que as novas GPUs também são 15% mais eficientes energeticamente, o que irá aumentar o tempo de uso em jogos e aplicações gráficas, já que irá consumir menos bateria.

Outra novidade é o suporte para ML, que é aprendizado em maquina e IA (inteligência artificial), que poderá utilizar a GPU para realizar essas cálculos, com essa nova arquitetura, o ML está 2X mais rápido, o que melhora a experiência da IA para os usuários.

Todos os novos modelos de GPUs também estão chegando com VRS (sombreamento de taxa variável), que permite que a placa foque no que é preciso, deixando parte do fundo com menor qualidade gráfica, o que se traduz em menor consumo de energia, maior desempenho e aumento de fps.

Por último, temos um novo motor para as GPUs, a empresa aumentou a área do chip em 27%, mas conseguiu dobrar a potência da FMA (fused multiply-add), temos suporte para a instrução Matrix Multiply, que irá ajudar na utilização da ML, além de muitas melhorias na largura de banda e dobro do rendimento para LOD (Level of Details).

GPU Arm Immortalis-G715 traz Ray Tracing acelerado no hardware

A nova GPU Arm Immortalis-G715 se destaca por trazer aceleração de hardware para Ray Tracing, o que poderá ser aproveitado de diversas formas nos games que utilizam essa tecnologia.

A Mali-G710 e as novas Mali-G715 e Mali-G615 chegam com Ray Tracing com suporte apenas no software, o que é bem limitado, e não consegue aproveitar ao máximo o recurso.

Com aceleração de hardware, a GPU Immortalis-G715 traz melhoria de 300% no desempenho do Ray Tracing, e o melhor, usando apenas 4% da área do SoC.

Ao trazer a tecnologia para a GPU, a Arm afirma que os jogos ficarão mais realistas e poderão aproveitar sem esforços os efeitos de reflexos e outros.

A GPU Arm Immortalis-G715 poderá chegar com 10 núcleos ou mais, o que permitirá que os próximos chips tenham gráficos de alta definição e com poder de sobra para rodar os games mais atuais e os futuros.

Mali-G715 e Mali-G615 chega com melhor desempenho e VRS

Arm Immortalis-G715, Mali-G715 e Mali-G615

Para as Mali-G715 e Mali-G615, a Arm mantém apenas o suporte para Ray Tracing via software, então o desempenho da tecnologia não irá seguir o do modelo Immortalis-G715.

Mas os dois modelos chegam com as tecnologias mais conhecidas, caso do VRS, que irá trazer mais desempenho e menor gasto de energia, e também estão aproveitando o novo motor da empresa, que traz muitas melhorias, inclusive para a IA.

Arm Immortalis-G715, Mali-G715 e Mali-G615

Já em desempenho, em comparação com os modelos anteriores, temos um aumento de 15% na performance e mesmo valor na eficiência energética.

A Mali-G715 pode contar com 7 a 9 núcleos e Mali-G615 poderá ter 6 núcleos ou quantidade menor.

As três novas GPU irão estrear nos aparelhos no ano que vem, mas ainda sem uma data revelada para chegada nos SoC da Samsung, MediaTek e Qualcomm.

Fonte: Arm

Tag
Compartilhe o artigo
Siga-nos
Escritor e dono do ajudandroid.com.br, com a mente focada em trazer notícias, jogos, aplicativos e informações diferentes do mundo Android.
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.