Rumores: Tencent quer comprar a Black Shark, que fabrica celulares gamers

Marcos Gonçalves da Silva
Black Shark 2

Um novo relatório revela que Tencent está interessada em comprar a Black Shark, empresa que fabrica celulares gamers e que é bem conhecida em muitas partes do mundo.

A Black Shark é uma marca independente da Xiaomi, como é independente, pode fazer muitas coisas, como criar seus próprios projetos e diferentes tipos de investimentos.

Então a sua venda ou alguém adquirir uma grande parte de suas ações, é algo que pode acontecer e que se os rumores estiverem corretos, irá acontecer.

Rumores falam que a Black Shark pode ser comprada pela Tencent

Tencent é uma grande empresa na China, ela apostam em vário segmentos, está atuando na internet, em lojas virtuais, em vídeo sobre demanda, mas está se destacando em games, ela é dona ou tem participação em um grande numero de empresas de jogos.

Tencent logo

Agora os rumores mais recentes falam quem a Tencent está de olho na Black Shark, empresa que desenvolve celulares dedicados para jogos, atualmente, o mais recente é o Black Shark 4S Pro, que foi o mais rápido celular Android em 2021.

Os relatórios afirmam que a Tencent está querendo comprar a Black Shark para apostar pesado em realidade virtual (RV), realidade aumentada (RA) e no metaverso em geral, o que permitirá entrar em grande estilo nesse mercado, que a empresa ainda não está ativa.

Tudo indica, que se a informação for verdadeira, a Black Shark não iria apenas continuar a trabalhar com smartphones, mas também seria a responsável por criar dispositivos VR (de realidade virtual).

Xiaomi Black Shark 3S

Já a Tencent estaria com foco no software para a utilização desses recursos, permitindo que a empresa consiga trabalhar apenas nisso, sem precisa pensar em hardware e em outras peculiaridades como venda e distribuição dos dispositivos.

Atualmente a Black Shark conta com ações, então para a Tencent ser considerada dona da fabricante, precisa ter um percentual maior do que a que a Xiaomi possui, que atualmente são mais de 46%.

De qualquer forma, será interessante acompanhar de perto essa mudança, isso se realmente acontecer.

Via: 36kr

Compartilhe o artigo
Siga-nos
Escritor e dono do ajudandroid.com.br, com a mente focada em trazer notícias, jogos, aplicativos e informações diferentes do mundo Android.
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.