Huawei ganha mais 90 dias para fazer comércio nos EUA, prazo final é novembro

A Huawei acaba de receber mais 90 dias para continuar a fazer comércio com as empresas dos EUA, novo prazo agora é dia 19 de novembro de 2019.

O banimento da Huawei nos EUA continua bem confuso, a fabricante ainda não sabe como será seu futuro a longo prazo com as empresas da região.

Mas felizmente a Huawei está ganhando mais 90 dias para continuar a negociar com as empresas dos EUA, o que é uma notícia excelente para a fabricante.

Banimento da Huawei nos EUA

A Huawei foi banida dos EUA, isso aconteceu ao ter seu nome na lista de entidades proibidas de fazerem negócios com empresas do país, mas depois a fabricante ganhou três meses extra para continuar a trabalhar normalmente, o prazo final desses meses foi hoje, 19 de agosto.

Huawei P30 Pro

A proibição é muito ruim tanto para a Huawei como para as empresas dos EUA, se a proibição entrar em vigor de forma definitiva, Google, ARM, Intel e outras empresas não poderão trabalhar com a fabricante, assim deixando de vender serviços e hardware importante para ambos os lados.

Huawei ganha mais 90 dias para trabalhar com empresas dos EUA

Agora de maneira oficial, Wilbur Ross, Secretário de Comércio dos EUA, anunciou que a Huawei ganhou mais uma vez uma licença adicional de 90 dias para continuar a trabalhar com as empresas do país.

Huawei logo

Mesmo com essa licença adicional, mais 46 outras empresas que fazem parte da cadeia de suprimentos foram adicionadas na lista de entidades proibidas de negociar com empresas dos EUA.

Aparelhos Android da Huawei com atualizações garantidas

Huawei Mate 20 Pro Android Q Beta

A Huawei confirma mais uma vez que esse problema com os EUA não irá afetar os smartphones e tablets com o sistema Android, que todos os modelos anunciados que terão o Android 10 (Android Q Beta) já foram certificados e receberão a atualização sem qualquer problema e com todos os serviços do Google.

Então os consumidores atuais da empresa não precisam se preocupar, os dispositivos com Android terão o suporte prometido, o que inclui novas versões do sistema e até atualizações de segurança.

Huawei sem futuro incerto

HarmonyOS Huawei

A fabricante ainda não sabe o que irá acontecer com as negociações com empresas dos EUA, mas a esperança é que tudo volte ao normal.

De qualquer forma, a Huawei tem planos de se tornar autossustentável, assim, mesmo com a proibição, no futuro será capaz de produzir software e hardware para seus dispositivos, algo que na pratica já começou com o sistema HarmonyOS e o Huawei Mobile Services.

Novidades

Android 10 chega ao Xiaomi Mi 9T (Redmi K20) com MIUI 11

Xiaomi Mi 9T (redmi K20) começaram a ser atualizados para o Android 10 com a personalização MIUI 11, a mais recente da fabricante...

Galaxy S10 Lite e Note 10 Lite: confira todos os detalhes dos telefones

Sendo consideradas versões mais “simples”, Galaxy S10 Lite e Note 10 Lite ainda se mostram interessantes, pois chegam com hardware top de...

Huawei Mate Xs pode chegar em março com melhorias interessantes

Huawei Mate Xs é uma versão melhorada do telefone flexível, ele pode chegar em março com interessantes novidades. O Huawei...

Assim como Redmi, Poco se torna uma marca independente da Xiaomi

Poco, do PocoPhone F1, agora é uma marca independente da Xiaomi, da mesma forma que aconteceu com a Redmi recentemente.

Galaxy Fold no Brasil: 13 mil reais e com um dia de venda relâmpago

Samsung revelou que o Galaxy Fold chegará ao Brasil pelo valor de R$13 mil reais e terá um dia de venda relâmpago no...

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Receba as novidades em seu E-mail!