Anatel revelou que estará implementando mudanças até 2020, a ideia é que a linha pré-paga tenha que ter mais dados cadastrados para evitar crimes bastantes comuns atualmente.

Hoje em dia o cadastro de linhas adquiridas no modelo pré-pago exige apenas o número de CPF, mas isso irá mudar até o ano que vem.

A grande intenção é evitar os crimes mais comuns hoje em dia, como muitas facções que utilizam CPF de inocentes para cadastrar número telefone e assim se mantém longe dos olhares da justiça.

Confira celulares em oferta na Amazon

Essa mudança também chegará como uma maneira de evitar golpes que utilizam chips para enviar spams em forma de texto, WhatsApp ou ligações.

Esse novo tipo de cadastro irá exigir mais dados, como endereço e outros, assim dificultando ainda mais que outras pessoas possam utilizar o seu ou qualquer CPF sem essas informações extra.

Cadeado Brasil

A Anatel revela que esse novo sistema vai conseguir identificar se o CPF é de uma pessoa viva ou se já está falecida.

A própria Anatel também revelou que no final de 2017 em uma fiscalização foi encontrado muitos problemas com CPF, tinham linhas cadastradas sem dados e mais de 50 linhas telefônicas registradas em um único número de CPF, o que claramente mostra que ele está sendo utilizado pelo crime organizado.

Essa mudança está sendo iniciada somente agora graças a um grande e chamativo aumento de pessoas que podem ser até mesmo presas por ter o CPF utilizado por facções criminosas, que até mesmo sendo inocentes podem acabar presas.

Inclusive Luiz Flávio Gomes, deputado federal do PSB, diz que é preciso de uma regulamentação por parte da polícia, essa necessidade seria para que as prisões não aconteçam mais com base apenas CPF cadastrados na linha dos criminosos, mas que tenha investigações para conseguir provar que a pessoa realmente faz parte de uma organização ou se apenas é uma pessoa inocente que teve seu CPF utilizado para maquiar atos criminosos.

Compre smartphones e celulares na Amazon

Quando esse serviço de cadastramento estiver disponível, servirá para que você descubra todas as linhas que estão em seu nome e em cada operadora.

Android 5.0 Lollipop

Para deixar tudo mais seguro, o plano é utilizar a identidade digital, o que irá exigir até mesmo a digital do usuário para completar o cadastro da linha e deixando tudo mais seguro para você.

Ter que adicionar mais dados é basicamente contra o que a linha pré-paga nasceu para ser, ou seja, ser simples, eficiente e ser praticamente descartável, mas com o crime organizado utilizando esse artificio para se livrar e ainda culpar inocentes, a ideia de ceder mais dados não é de todo mal.

Como falamos, até 2020 o novo tipo de cadastro entrará em ação, sendo liberado aos poucos para cada estado do Brasil, quando começar a funcionar, os usuários receberão uma mensagem para avisar que é necessário entrar em contato com a operadora para adicionar mais dados e assim não ter a conta cancelada em até 30 dias.

Mudando de assunto, mas ainda falando em Brasil, em breve o país deve exigir celular reserva quando você deixar o seu na assistência técnica, o que mostra como que estamos evoluindo aos poucos nos itens relacionados com telefonia móvel, que já é algo essencial para milhões de brasileiros.

Via: Gizmodo

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here