Com o Galaxy Fold programado para ser lançado no mês que vem, novos detalhes interessantes do telefone flexível da Samsung começam a aparecer.

Ontem falamos como as dobradiças dos telefones dobráveis são um grande desafio para esses novos dispositivos, que precisam ser resistente e durar por alguns anos sem apresentarem problemas.

Como já falamos, o Galaxy Fold será lançado oficialmente em abril, mais especificamente no dia 26, mas algumas pessoas da mídia estão utilizando o aparelho antes da hora.

Uma dessas pessoas sortudas é Mishaal Rahman, Editor Chefe do site XDA, como ele está testando o aparelho no momento, mas não tem ainda permissão para liberar muitos detalhes e nem mostrar/postar imagens e vídeos.

Galaxy Fold

Mas felizmente ele pode revelar algumas coisas bem legais sobre o primeiro dispositivo flexível da Samsung, algo que iremos começar a destacar agora.

-Publicidade-

Detalhes interessantes sobre o Galaxy Fold

  • A dobra no meia das duas telas no modo tablet está presente, é possível sentir com o dedo e em brilho menor de 70% é possível notar com os olhos.
  • O telefone não se dobra totalmente, ele tem um pequeno espaço entre as duas metades.
  • A tela do modo smartphone (a menor) é excelente, pode ser utilizada para todos os tipos de tarefas, desde jogos até aplicativos variados.
  • Os usuários irão notar que a transição de uma tela para a outra ainda não é perfeita, demorando alguns segundos para renderizar alguns aplicativos, em especial o navegador Chrome, que é um dos apps que mais demonstram esse problema.
  • As duas metades da tela podem ficar em 90 graus, mas a tela irá ficar desligada.
  • A dobradiça do telefone flexível não abre para fora, já que foi projetada para ser aberta apenas para dentro.
  • Na bateria o aparelho está se saindo muito bem, sendo comparável com a performance do Galaxy S10+.
  • Bootloader é desbloqueado de fábrica, pelo menos na versão que chegará na Europa.
  • O Galaxy Fold testado é uma unidade de produção, isso significa que é o mesmo modelo que deverá chegar ao mercado, ele é equipado com a personalização One UI 1.2.
Galaxy Fold

Como o Galaxy Fold utiliza a nova memória UFS 3.0, foi feito um teste para revelar a performance da memória, confira o resultado feito no AndroBench:

Sequential Read: 1512.93 MB/s

Sequential Write: 418.96 MB/s

Random Read: 144.41 MB/s

Random Write: 33.66 MB/s

SQLite Insert: 2577.79 QPS

SQLite Update: 3560.8 QPS

SQLite Delete: 4236.68 QPS.

Como podemos ver, o Galaxy Fold apresenta detalhes bem interessantes, alguns deles são considerados defeito, sendo que no caso do software a fabricante pode fazer ajustes e liberar correções.

Galaxy Fold

No caso do hardware infelizmente a Samsung não tem tempo para fazer grandes mudanças, como o Galaxy Fold será lançado no dia 26 de abril, não existe forma de produzir aparelhos e trazer mudanças realmente importantes para o telefone flexível.

Ainda lembramos que a Samsung prometeu um novo evento para o Galaxy Fold, nele a empresa promete revelar todos os seus recursos e melhorias incluídas no software.

Via: Twitter

-Publicidade-

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here