Redmi 9, Redmi Note 9 e POCO M2 devem receber Android 12

Marcos Gonçalves da Silva 28 de janeiro de 2022
Atualizado sex/01/22 em 2:17 PM
Redmi Note 9 Pro 5G

Tudo indica que o Android 12 deve chegar aos Redmi 9, Redmi Note 9 e POCO M2, o que é inesperado para algumas consumidores.

A linha Redmi mediana ou de entrada, costuma receber apenas uma grande atualização do sistema e até três versões da personalização MIUI.

Mas a Xiaomi pode estar mudando isso em breve, pelo menos para alguns dos seus aparelhos que já estão no mercado.

Android 12 deve chegar aos Redmi 9, Redmi Note 9 e POCO M2

Um novo relatório revela que os Redmi 9, Redmi Note 9 e POCO M2 já possuem versão interna de teste do Android 12, sendo uma excelente noticia para quem possui um dos aparelhos.

Redmi 9
Redmi 9

Curiosamente, os três telefones da Xiaomi já receberam a atualização para o Android 11, então já foram atualizados uma vez, o que é o padrão da fabricante.

Se o Android 12 for liberado, os Redmi 9, Redmi Note 9 e POCO M2 receberão o total de duas grandes atualizações do sistema.

Essa mudança é muito bem-vinda, se realmente a empresa liberar o novo sistema, conseguirá ainda mais consumidores, que saberão que o suporte de software e atualizações está aumentando, ficando atrativo como em outras fabricantes.

Poco M2
Poco M2

Outra novidade do Android 12 para os Redmi 9, Redmi Note 9 e POCO M2, é que o sistema também deve trazer a nova personalização MIUI 13 e suas novidades.

No momento, apenas a própria empresa está testando o novo sistema para os três modelos, então é preciso esperar para saber se o publico também poderá testar ou se receberá a atualização no futuro.

Xiaomi está tentando aumentar a quantidade de atualizações para seus aparelhos

Xiaomi 11T
Xiaomi 11T

Essa transformação começou com a linha Xiaomi 11T, que receberá três grandes versões do Android e 4 anos de atualizações de segurança, os patches mensais.

Nesse mesmo anúncio, a Xiaomi falou que estava tentando aumentar a quantidade de atualizações que seus aparelhos Android iriam receber, mas que essa mudança estava garantida para seus próximos tops de linha.

Empresa também falou que essa mudança seria um grande desafio, já que conta com muitos dispositivos no mercado mundial.

A intenção é aumentar o ciclo de vida útil dos smartphones, o que traz vantagens para o meio ambiente e para os usuários, que poderão se manter com o mesmo aparelho por um tempo maior.

Via: Xiaomiui

Compartilhe o artigo
Siga-nos
Escritor e dono do ajudandroid.com.br, com a mente focada em trazer notícias, jogos, aplicativos e informações diferentes do mundo Android.
2 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.