Se quer desbloquear o bootloader do OnePlus 7 Pro, saiba que você irá perder a qualidade Full HD na Netflix e em outros aplicativos de streaming.

Isso é algo bem diferente do que estávamos esperando de um topo de linha, como o OnePlus 7 Pro conta com uma tela 2K+ de 6.67 polegadas, perder a qualidade Full HD em serviços de streaming de vídeo é algo que muitas pessoas não querem.

Atualmente funciona assim, os principais serviços de streaming de vídeo por assinatura como Netflix, utilizam DRM (Widevine) para proteger seu conteúdo, o que dificulta a gravação por terceiros, essa proteção tem vários níveis, cada uma é para um tipo de qualidade especifica.

O OnePlus 7 Pro chega com a proteção L1, segundo a Netflix o aparelho tem suporte para vídeos em até 1080p, ou seja, em Full HD, o que é excelente para os consumidores do aparelho.

Netflix

Mas curiosamente se os usuários desbloquearem o bootloader do OnePlus 7 Pro, a proteção Widevine L1 é perdida, junto com ela, os usuários perdem a capacidade de assistirem a Netflix em Full HD, o que não é muito bom, ainda mais para uma tela de alta qualidade com resolução nativa 2K+.

Com o OnePlus 7 Pro com o bootloader desbloqueado, o DRM do aparelho automaticamente é mudado para Widevine L3, então os usuários da Netflix só poderão assistir e baixar vídeos na qualidade máxima de 480p.

Esse fato em si, não acontece com todos os aparelhos de fabricantes, então alguns dispositivos como a linha Google Pixel 3, alguns aparelhos da HTC e até da Xiaomi, continuam com a mesma proteção ativa depois de terem o bootloader desbloqueado.

Se isso acontece com o OnePlus 7 Pro, também é esperado que o mesmo aconteça com o OnePlus 7, ou seja, os consumidores precisam decidir em ter a Netflix em resolução 1080p ou desbloquear o bootloader e ter que assistir apenas na qualidade 480p.

OnePlus 7 Pro

Essa informação é bem interessante e é preciso que os usuários tomem um certo cuidado principalmente na hora de comprar o smartphone, lembre-se que o OnePlus 7 e 7 Pro são vendidos na China e no restante do mundo, na China o sistema é um (OxygenOS) e no modelo internacional encontramos outro (Hydrogen), então se comprar da China, terá que mudar para o sistema internacional para aproveitar a loja Google Play e outros apps, para isso é preciso desbloquear o bootloader e assim perder a qualidade alta na Netflix e em outros serviços de streaming de vídeos que utilizam DRM para proteção de conteúdo.

Só lembrando que o YouTube não é afetado pelo DRM, então sempre irá reproduzir os vídeos na qualidade que o telefone e o vídeo suportam.

Via: Xda

Compre smartphones e celulares na Amazon

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here