Fortnite: depois de ser removido da loja, Epic acusa Google de não permitir parceria com fabricantes

Marcos Gonçalves da Silva
Fortnite Battle Royale

Epic acusa Google de não permitir que fabricantes façam acordos para colocar Fortnite em seus aparelhos.

Fortnite foi removido da loja Google Play ontem, mas a desenvolvedora do jogo começou a atacar diretamente as lojas do Google e da Apple.

As acusações contra o Google são mais graves, revelando cenários que normalmente não deveriam acontecer.

Fortnite removido da loja Google Play

A Epic Games introduziu um novo sistema de pagamento direto no Fortnite, assim cobrando mais barato sobre os itens vendidos.

Fortnite Battle Royale

Mas esse sistema de pagamento vai contra as regras das lojas do Google e da Apple, então o game acabou sendo removido das duas lojas em um só dia.

Agora a Epic já afirmou que entrou com um processo contra as duas lojas e quer mudanças na forma que os desenvolvedores são forçados a pagar para as empresas, já que em sua visão, Google e Apple possuem monopólio no sistema de pagamento das suas lojas, o que deveria ser contra a lei.

Isso tudo acontece pela taxa de 30% que cada loja cobra por cada realização de transação envolvendo dinheiro, a estratégia da empresa era adicionar seu método de pagamento para se livrar dessa taxa e deixar seus itens mais baratos para os jogadores.

Epic Games acusa Google de não permitir que parcerias sejam fechadas com fabricantes

Fortnite Battle Royale

Para deixar o caso ainda mais interessante, a Epic revela que o Google agiu para que Fortnite não pudesse ser pré-instalado em aparelhos de fabricante.

Epic Games fala que o Google forçou a OnePlus a renegar o acordo depois que a empresa (Google) revelou que estava preocupada com a capacidade da Epic contornar a loja Google Play.

A Intenção da Epic na época era colocar um instalador de Fortnite nos aparelhos da OnePlus, mas o Google forçou a OnePlus de seguir com esse plano, permitindo apenas de forma limitada a instalação em alguns aparelhos vendidos na Índia.

A LG também é citada, a fabricante iria fazer um acordo para trazer o aplicativo Epic Games em seus aparelhos, mas a fabricante disse que não poderia fazer isso, já que tinha um contrato que bloqueava o download de aplicações que não estão na loja Google Play.

Epic Games afirma que sem o Google bloquear esses acordos, ela poderia colocar Fortnite pré-instalado em um número maior de aparelhos e livrar os consumidores das restrições anticoncorrenciais do Google, o que deixaria os itens vendidos no game ainda mais baratos.

Resumo

Fortnite Battle Royale para Android

Fortnite ganhou um novo método de pagamento, mas que ainda permitia pagar com a loja Google Play e a loja da Apple, mas o game foi removido das duas lojas por adicionar essa novidade.

A Epic revelou que entrou com uma ação contra cada empresa pelo monopólio do sistema de pagamento e ao mesmo tempo acusa o Google de proibir as fabricantes de fazerem acordos para instalar o Fortnite em seus aparelhos.

A briga está apenas no começo, mas a Epic parece pronta demais para tudo o que possa acontecer, então temos que esperar e ver como tudo se dará na justiça.

Via: Theverge

Compartilhe o artigo
Siga-nos
Escritor e dono do ajudandroid.com.br, com a mente focada em trazer notícias, jogos, aplicativos e informações diferentes do mundo Android.
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.