Notícias

Google altera termos e condições para usar o SDK do Android por causa do caso Aliyun

Ontem o Google  mudou os termos e condições para usar o Android, agora a nova cláusula é para combater a “desfragmentação” do Android, mas de um jeito diferente como aconteceu com o caso Aliyun.

Para entender o caso precisamos saber que o Google é o que detém todos os direitos de propriedade intelectual e legais que licencia o SDK do Android para os desenvolvedores usarem para desenvolver aplicativos/jogos que rodam no sistema com toda compatibilidade.

 

O caso Aliyun e Acer em resumo um resumo rápido, o Aliyun OS é o sistema que usava partes do Android e podia inclusive roda aplicativos/jogos do Android, Segundo o Google a Acer como parte do Open Headset Alliance não poderia lançar smartphones com versões “alternativas” do Android se a mesma fizesse isso seria retirada da OHA, a Acer por sua vez cancelou o lançamento de um novo smartphone com o novo OS dias antes do lançamento por conta disso (mais informações em Entenda o que realmente aconteceu no caso Google, Acer e o sistema Aliyun), os integrantes da OHA recebem suporte oficial do Google incluindo autorização para usar os aplicativos do mesmo.
Essa nova cláusula serve especificamente para que casos assim não aconteçam novamente, a seção 3.4 dos termos atualizados SDK diz: “Você concorda que você não vai tomar quaisquer ações que podem causar ou resultar na fragmentação do Android, incluindo, mas não limitado a distribuição, a participar na criação de, ou a promoção de qualquer maneira de um software de kit de desenvolvimento derivado do SDK”.
Mas tem um porém, como o Android é de código aberto o Google não pode proibir ninguém de utilizar ou modificar qualquer parte do sistema, já que o mesmo é derivado do Linux, mas nesse caso o Google só esta querendo que todas as versões sejam 100% compatíveis com aplicativos e jogos.

 

Temos que se lembrar de que o Google esta no seu direito já que somente o Android é de código aberto e o SDK do mesmo foi feito pela empresa, se outra empresa quiser ter um sistema Android que não seja 100% a mesma terá que fazer seu próprio SDK porque usando o do Google a mesma esta aceitando todas as cláusulas do contrato.
Na realidade o Google deveria estar mais interessado nos aparelhos que as fabricantes deixam de atualizar simplesmente para ganhar dinheiro, até hoje ainda estou esperando algo efetivo de verdade do acordo que a empresa fechou com os fabricantes de todos os smartphones Android receberem atualizações durante no mínimo 18 meses.
E você o que acha que o Google deveria estar mais interessado nesse momento? Em novos sistemas com pedaços do Android ou com as fabricantes que não atualizam seus aparelhos?
Dicas de matéria:
Conteúdo original do site Ajudandroid
Artigo AnteriorPróximo Artigo
Sou uma pessoa que adora tecnologia, que gosta de ajudar, principalmente quando tem tecnologia envolvida, espero conseguir trazer muitas informações, aplicativos e principalmente jogos para todos que gostam de Android.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *