Comissão Europeia multa Google em 4,3 bilhões de euros por abuso de posição dominante no Android

Graças as suas exigências no Android, Google está recebendo multa de 4,3 bilhões de euros da Comissão Europeia, mas a empresa já revelou que irá recorrer da sentencia.

Já falamos que a Comissão Europeia poderia dar uma grande multa no Google pelos aplicativos exigidos no Android, fato que agora foi consumado de forma oficial.

O Google está recebendo uma multa de 4.3 bilhões de euros por usar e abusar da sua posição dominante no Android para não ter concorrência direta.

As fabricantes que querem a loja Google Play precisam seguir algumas regras do Google, uma delas é instalar o pacote completo do GApps (aplicativos do Google), não fazer modificações em partes cruciais para a empresa, como no mecanismo de pesquisa que precisar ser o do próprio Google e nem no navegador, que é necessário ter o Chrome nos aparelhos.

Google Apps

Se alguma empresa ou fabricante quiser fazer alguma modificação, ela não receberá o suporte do Google e não poderá utilizar os seus aplicativos, principalmente a loja do Android, que é praticamente obrigatória em todos os aparelhos e os usuários conseguem facilmente instalar e encontrar novos jogos e aplicativos praticamente sem nenhum esforço.

Com a multa anunciada, o Google já revelou que irá recorrer da sentença e utilizou uma postagem em seu site oficial para lembrar o que o Android fez pela tecnologia, consumidores e muito mais.

Google lembra que são mais de 1.300 fabricantes diferentes, mais de 24.000 dispositivos diferentes e mais de 1 milhão de aparelhos com a loja Google Play Store, cada um com faixa de preços diferentes, então os consumidores, até os mais simples possuem acesso as novas tecnologias.

Android Dados

Entre os diferentes dispositivos iremos encontrar telefones, tablets, TVs, aparelhos multimídia, relógios e muito mais.

A empresa também fala que hoje em dia é mais fácil desativar e remover aplicativos que não são utilizados pelos consumidores e que em média as fabricantes trazem cerca de 40 apps.

Mas em nenhum momento Google fala algo sobre o que está sendo acusado, da prática anticompetitiva e de utilizar a sua posição para exigir regras abusivas para as fabricantes, que não podem fazer certas modificações no sistema e nem criar laços com outras empresas para trazer alguns recursos únicos, como uma pesquisa personalizada utilizando outro serviço.

Como irá recorrer, essa grande briga deve durar ainda alguns meses, mas tudo indica que o Google terá que mudar a forma que exige que as fabricantes tenham o GApps nos dispositivos.

Via: Google

Novidades

Promoção Galaxy S9 R$1.614 ou R$1.899 em 10x

Com desconto Galaxy S9 se torna ainda mais imperdível para quem quer está de olho no top de linha da Samsung.

Tema escuro chega ao WhatsApp, saiba como ativar a novidade

Finalmente todos podem utilizar o WhatsApp com seu tema escuro, novidade está liberada para o sistema Android e ensinamos como utilizar.

Promoção Galaxy Note 10 R$3.144 ou R$3.699 em 10x

Top de linha da Samsung, Galaxy Note 10 acaba de entrar em promoção, ficando assim mais barato do que seu preço tradicional.

Motorola começa a atualizar Moto G7 Plus para Android 10

Moto G7 Plus começou a ser atualizado para o Android 10, a liberação está acontecendo por fases, então pode demorar um pouco para...

PocoPhone F2 em breve: fabricante libera pequeno vídeo bem curioso

Para deixar todos curiosos sobre o PocoPhone F2, a fabricante Poco lança um pequeno vídeo que deixa muitas questões no ar.

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Receba as novidades em seu E-mail!