Depois do Google, Intel e Qualcomm também devem cortar parceria com Huawei

- Publicidade -

A Huawei depois de ser banida nos EUA, não poderá fazer negócios com a Intel e Qualcomm, o que também deverá afetar o Google.

Já falamos há pouco, que o Google deve deixar de fazer negócios com a Huawei, isso significa que a fabricante não terá aplicativos do Google e nem a loja Google Play em futuros aparelhos com o sistema Android.

Para acalmar os consumidores atuais, a Huawei e a conta oficial do Android no Twitter, deixaram bem claro que os aparelhos atuais não são afetados, então eles continuaram com a loja Google Play e com o Google Play Protect ativo e funcionando normalmente.

O problema para a Huawei começou nos casos de espionagem, a história foi tão para frente, que na quinta-feira passada o Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos, assinou uma ordem de proibição de comercio com a Huawei, assim empresas americanas não podem negociar com a fabricante, o que afeta diretamente o Android, deixando possivelmente a loja Google Play de fora dos futuros aparelhos da fabricante.

Qualcomm

Mas o problema pode e desse ser pior ainda, já que o site Bloomberg afirma que a Intel e Qualcomm devem fazer o mesmo que o Google, ou seja, não negociar mais com a Huawei.

O site afirma que a Intel e Qualcomm já informaram aos seus funcionários que não poderão mais fornecer equipamentos e nem peças para a Huawei.

No caso da Intel, ela que fornece processadores para os servidores e notebooks da Huawei, então a empresa terá um duro golpe nesse setor.

- Publicidade -

Já a Qualcomm é a dona dos processadores móveis Snapdragon e também possui modens para vários dispositivos, nesse caso, a Huawei não deve ser tão afetada, como sabemos, a fabricante tem seus próprios processadores da linha Kirin e se quiser, pode contar com a MediaTek para utilizar os processadores da série Helio.

Huawei logo

No momento, assim como o Google, a Intel e Qualcomm não confirmam a história, mas tudo indica que seja algo real.

Com a proibição, somente as empresas liberadas pelos EUA poderão fazer negócios com a Huawei, então certamente Google, Intel, Qualcomm entre outros, não poderão mais fazer nenhum tipo de comercio com a fabricante, o que afetará os consumidores da Huawei de muitas maneiras diferentes, mas temos que esperar o anúncio oficial para conhecer todos aspectos que essa proibição irá criar sobre a empresa e seus atuais consumidores.

Lembrando que no Brasil temos os novos Huawei P30 Pro e Huawei P30 Lite, aparelhos chegaram no dia 17 de maio e marcam o retorno da fabricante ao país, como já revelado pela empresa, eles não são afetados pelos problemas que estão acontecendo no momento, então os consumidores irão encontrar a loja Google Play e todos os serviços do Google funcionando corretamente nos dispositivos.

Via: Bloomberg

- Publicidade -

Últimas Notícias

Pixel 4 traz gestos para launcher de terceiros e debloqueio facial com olhos fechados

Os novos Google Pixel 4 traz finalmente os gestos de navegação para os launcher de terceiros e seu desbloqueio facial funciona até mesmo com...

Motorola RAZR 2019: evento de apresentação será em 13 de novembro

O novo Motorola RAZR 2019 pode ser apresentado oficialmente em 13 de novembro, convite já começou a ser enviado para alguns sites de tecnologia.

Leitor de digital da Samsung permite desbloquear aparelho sem digital cadastrada

Foi descoberta uma vulnerabilidade no leitor de digital da Samsung que permite desbloquear o aparelho mesmo sem a digital cadastrada.

Google Stadia no Google Pixel 2 e Pixel 4, controle compatível apenas via USB

Google Stadia será compatível com Google Pixel 2 e Pixel 4 no lançamento, controle Stadia será compatível apenas via USB em telefones.

Google Pixel 4 não conta com armazenamento ilimitado no Google Fotos

Novos Google Pixel 4 não possuem o armazenamento ilimitado no Google Fotos, algo que trazia um valor ainda maior para os aparelhos da linha.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Receba as novidades em seu E-mail!