Rumores indicam que Huawei Mate 30 chegará com um novo sistema, assim fabricante não precisará depender do Android.

A Huawei entrou na lista negra de comércio dos EUA, essa forma não pode negociar com as empresas que utilizam tecnologia da região, então Google pode impedir a Huawei de utilizar a loja Google Play e ter acesso antecipado ao Android.

Mesmo que a Huawei tenha ganhando mais três meses antes que a proibição entre em vigor e que tenha voltado para Android Q, Android Enterprise e ao microSD, a fabricante não quer ficar dependendo muito de outras empresas, já que a proibição pode ser algo permanente.

Com esse pensamento em mente, a Huawei já está criando seu próprio sistema operacional, ele inclusive pode chegar instalado no Huawei Mate 30, isso segundo rumores.

O Huawei Mate 30 será anunciado em 22 de setembro, ele tem tudo para ser o primeiro telefone da empresa a utilizar um sistema diferente do Android, mas ainda assim compatível com os aplicativos e jogos que existem para o Android.

Dois sistemas operacionais para a Huawei

Huawei Mate 20 Lite

Assim como a Xiaomi (ROM Global e Internacional) e a OnePlus (Oxygen OS e Hydrogen OS), a Huawei ao que tudo indica irá criar dois sistemas operacionais diferentes, um especialmente para a China e outro para o mercado internacional.

O conhecido como HongMeng OS, deverá equipar o Huawei Mate 30 em seu lançamento na China, já para o mercado internacional devemos esperar o Ark OS, já que a marca já foi registrada na Europa, uma região muito importante para a Huawei.

Lembrado que o Ark Compiler, que possivelmente é o compilador do Ark OS já foi liberado para uso livre e se mostra praticamente um sucessor do ART que equipa o Android atualmente.

Tanto o HongMeng OS como o Ark OS devem usar o sistema Android como base, por isso, serão totalmente compatíveis com os aplicativos e jogos que estão disponíveis atualmente, mas cada versão deverá contar com visual e melhorias únicas destinadas para as pessoas da China ou para o mercado internacional.

No momento ainda não está claro se a proibição será efetivada depois dos três meses que os EUA cederam para a Huawei, mas de qualquer forma, a fabricante está pensando no futuro e não quer deixar seus consumidores atuais e futuros na mão.

Compre smartphones e celulares na Amazon

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here