Escreva para pesquisar

Notícias

Meizu fala que continuará a utilizar processadores Samsung, MediaTek e Qualcomm

No mercado temos vários fabricantes de processadores para os dispositivos móveis, por isso, pode ser interessante para algumas empresas investirem em diferentes chipsets, regra que a Meizu irá seguir apostando nos processadores Samsung, MediaTek e Qualcomm.

A Meizu está investindo em três processadores de diferentes empresas, mas essa novidade está deixando os consumidores sem saber o que esperar da fabricante.

Agora a própria Meizu diz que continuará a utilizar processadores Samsung, MediaTek e Qualcomm nos seus aparelhos mais recentes.

Inicialmente a Meizu só estava utilizando os processadores MediaTek em seus aparelhos, na verdade eles ainda são utilizados na maioria dos novos aparelhos que estão chegando,

Nos últimos top de linha, a Meizu trouxe os processadores Samsung Exynos, um grande exemplo é o Meizu Pro 6 Plus, que possui o mesmo processador do Galaxy S7, inclusive o aparelho já está disponível no Brasil.

Agora para surpresa de todos, Meizu anunciou o Meizu M6 Note, smartphone mediano que é o primeiro da fabricante a utilizar um processador da Qualcomm, o Snapdragon 625, que inclusive equipa outros dispositivos conhecidos como o Moto Z Play e Asus Zenfone 3.

Com a fabricante utilizando os três processadores, os consumidores não sabem mais o que esperar dos próximos aparelhos da fabricante.

Para deixar mais específico para os consumidores, a Meizu fala que continuará a utilizar as três fabricantes de processadores, já que cada um possui peculiaridades e diferenciais únicos.

Confira as palavras da fabricante:

“Utilizaremos os três maiores fabricantes OEM de SoC (processadores) para nossos futuros dispositivos; Samsung Exynos, Qualcomm Snapdragon e MediaTek. Cada um oferece uma vantagem única e complementará nossos produtos de forma diferente”.

Essa estratégia também é interessante para os consumidores e para a própria fabricante, os consumidores irão receber os aparelhos com os melhores processadores do momento e a fabricante não precisará fazer igual a LG com o G6, que teve que utilizar um processador da geração passada já que o mais recente ainda não estava sendo produzido em larga escala no momento do lançamento.

Via: Gsmarena

Compartilhe
Tags:
Marcos Gonçalves da Silva

Sou uma pessoa que adora tecnologia, que gosta de ajudar, principalmente quando tem tecnologia envolvida, espero conseguir trazer muitas informações, aplicativos e principalmente jogos para todos que gostam de Android.

  • 1

Você pode gostar de:

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *