Escreva para pesquisar

Lenovo LG Motorola Nokia Notícias Samsung Xiaomi

Samsung perde mais mercado para fabricantes chinesas de smartphones

As fabricantes chinesas de smartphones estão conseguindo captar o mercado da Samsung, que a cada dia vai perdendo espaço no mundo todo.

Já faz um tempo que o mercado de smartphones vem sofrendo com venda mais baixas, o efeito é visto no mundo todo e muitas fabricantes estão começando a ser afetada de alguma maneira por essa nova tendência.

Com as vendas de smartphones menores o que vem aumentando é a concorrência, muitas fabricantes estão reavaliando a situação atual e estão com novos planos para atrair o maior número de consumidores que conseguirem.

Os dados são da Counterpointresearch, conhecida empresa que divulga sempre o market share das fabricantes no mundo todo.

Market Share smartphones terceiro trimeste de 2018

Podemos ver nos dados do terceiro trimestre de 2018 que as vendas de smartphones tiveram uma queda global de 5% em um ano, o pior resultado é na América Latina em que a queda chega a 7%.

Atualmente apenas 10 fabricantes são responsáveis por 79% do mercado mundial de smartphones, outras mais de 600 fabricantes estão competindo pelos 21% restante.

Nokia logo

A fabricante que mais cresceu no ultimo ano é a HMD, responsável pela marca Nokia, que conseguiu 73% de aumento em um ano.

Como maior fabricante do mundo temos a Samsung com market share de 19%, uma grande queda em comparação com o terceiro trimestre de 2017, que a fabricante tinha 32%.

Esses 13% foram perdidos principalmente para a Huawei e Xiaomi, as duas fabricantes que começam a se destacar ainda mais no mundo todo.

A Huawei está em segundo lugar, agora possui market share de 14%, o que deixa a mesma na frente da Apple que possui 12%.

No quarto lugar temos um empate, a Xiaomi e a Oppo estão com 9%, seguidos da Vivo que tem 8% e logo depois surge a Lenovo/Motorola com 3%.

Market Share smartphones terceiro trimeste de 2018

Na América Latina a Samsung ainda domina o mercado com 37%, em segundo lugar temos a Lenovo/Motorola com 15%, em terceiro encontramos a Huawei que possui 13% e logo depois aparece a LG com 6% e a Apple com 4%.

A queda da Samsung em partes é por causa do custo beneficio dos seus aparelhos, tanto que na Ásia a fabricante aparece somente em quinto lugar na região, então os consumidores estão de olho em telefones mais baratos com hardware ou diferenciais únicos.

Galaxy A9 2018

Para tentar reverter essa queda, a Samsung anunciou que irá trazer tecnologias primeiro para telefones medianos, o que é uma forma de atrair mais consumidores e disponibilizar novidades para quem não quer gastar muito, um grande exemplo dessa mudança são os Galaxy A7 2018 que chegou com três câmeras na traseira e o Galaxy A9 2018 que tem quatro câmeras na traseira.

Mas a Samsung só terá novamente uma grande vantagens contra outras fabricantes quando notar que o custo-benefício é algo essencial para o mercado que está se contraindo, os usuários procuram pagar por telefones que realmente valem aquilo que estão cobrando, então telefones mais caros são muitas vezes deixado de lado ou são adquiridos através de fabricantes chinesas que trazem qualidade, hardware top de linha e preço mais baixo.

Via: Counterpointresearch

Tags:

Você pode gostar de

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to a friend