10 anos de Android: Google destaca alguns aspectos das versões

10 Anos de Android

O Google esperou até o dia 22 de outubro para começar os 10 anos do Android, empresa aproveitou e destacou alguns aspectos importantes das versões anteriores.

Android foi apresentando oficial no dia 23 de setembro de 2008, mas somente em 22 de outubro do mesmo ano que o HTC Dream (T-Mobile G1) fez sua estreia no mercado, o que realmente marcou a entrada do sistema para o mundo.

Atualmente estamos no Android 9.0 Pie que hoje em dia aproveita muitos recursos das versões mais antigas do sistema, o Google listou alguns destaques e relembrou quando algumas das funções apareceram e em quais versões, confira:

10 anos de Android

  • Android 1.5 Cupcake

O Android 1.5 Cupcake trouxe teclados virtuais, mas o interessante mesmo foi a chegada dos widgets de aplicativos, eles podiam ser colocados na tela inicial e você tinha muitas maneiras de personalizar o visual do aparelho.

Android 1.5 Cupcake

Outra novidade era a capacidade de copiar e colar, de fazer capturas, compartilhar e até fazer upload de vídeos, algo incrível para a época.

  • Android 1.6 Donut

Nessa versão do sistema o Google começou a trazer suporte para diferentes tamanhos de tela, algo que até hoje permite uma variedade infinita de aparelhos com diferentes formatos, tamanhos e densidades de tela.

Algo importante é que o Android 1.6 Donut também trouxe melhorias para as pesquisas, a caixa de busca permitia fazer pesquisas rápidas de qualquer coisa na internet ou no próprio telefone.

  • Android 2.0 Eclair

A novidade do Android 2.0 Eclair foi a chegada dos papéis de parede ao vivo que se mechem, algo que agradou muitas pessoas, mesmo com a bateria acabando mais rápido.

Android 2.0 Eclair

O sistema também trouxe o Google Maps com a função passo-a-passo, com visualização em 3D, orientação por voz, informações de transito ao vivo e muito mais.

  • Android 2.2 Froyo

No Android 2.2 Froyo encontramos algo bem legal, a capacidade de realizar ações de voz, apenas falando você poderia configurar alarme, fazer pesquisas, fazer anotações e muito mais, ele traz basicamente um rascunho do que hoje é o Google Assistente.

  • Android 2.3 Gingerbread

Android 2.3 Gingerbread

Com o Android 2.3 Gingerbread o Google quis focar no consumo de bateria, por isso, trouxe um gerenciador de bateria, ele mostrava quais aplicativos estavam consumindo muita bateria e ajudava o usuário a descobrir app que estavam fazendo a bateria acabar antes do final do dia.

  • Android 3.0 Honeycomb

Talvez uma das versões menos conhecida ao lado do Android 1.X, o Android 3.0 Honeycomb foi desenvolvido para tablets, por isso, conseguiu trazer suporte aprimorado para telas de diversos tamanhos, ainda mais para as maiores, o que depois foi utilizado para o Android TV, Android Auto, Android Things e até no Wear OS.

Android 3.0 Honeycomb

Mas essa versão logo depois foi abandonada, o Google pegou suas melhores partes e adicionou ao Android 4.0 ice Cream Sandwich, que trouxe suporte nativo para todos os tipos de aparelhos.

  • Android 4.0 Ice Cream Sandwich

NFC com certeza é o destaque do Android 4.0 Ice Cream Sandwich, na época era utilizado para ativar ou desativar recursos, mas hoje em dia é muito importante para pagamentos.

O sistema também trouxe pastas, que permite colocar vários aplicativos em um só lugar, mas também adicionou importantes melhorias na usabilidade, um grande exemplo é o arrastar a notificação para o lado para dispensar, item que faz parte do sistema até hoje.

  • Android 4.1 Jelly Bean

Android 4.1 Jelly Bean

Se podemos escolher um item para destacar o Android 4.1 Jelly Bean com certeza será o Google Now, ele até hoje faz parte do Google Assistente, mostrando informações importantes, noticias, tempo e muito mais.

  • Android 4.4 KitKat

Melhorias no comando de voz, se antes do Android 4.4 KitKat você tinha que apertar um botão para falar algum comando, o novo sistema trouxe o comando “OK Google” que como até hoje, permite que você realize várias ações apenas utilizando a voz sem precisar tocar um dedo no dispositivo.

  • Android 5.0 Lollipop

Android 5.0 Lollipop

Material Design resumo o Android 5.0 Lollipop, que trouxe um visual mais moderno ao sistema, mas que também permite que os apps utilizem o mesmo design para ficarem mais bonitos.

  • Android 6.0 Marshmallow

O foco do Android 6.0 Marshmallow foi o Tap on Now que permite que você tenha uma ajuda contextual personalizada para diversas tarefas.

Para a questão de energia, o Android 6.0 Marshmallow chegou com os recursos Doze e Stand-by App, que começaram a colocar os apps para “dormir” quando não estavam em uso e limitando o gasto de energia dos aplicativos.

  • Android 7.0 Nougat

O Google quis trazer um novo mundo aos usuários, assim adicionou ao Android 7.0 Nougat suporte nativo para VR (realidade virtual), o que trouxe muitas possibilidades, o destaque com certeza foi o Daydream, central de realidade virtual do Android.

Android 7.0 Nougat

Nessa versão do Android o Google também trabalhou para trazer novos emoji, que agora possuem melhor representação de gêneros. O sistema também trouxe melhorias para acessibilidade, melhor controle sobre os dados móveis, respostas instantâneas e a chegada do modo tela dividida, que permite utilizar dois aplicativos ao mesmo tempo.

  • Android 8 Oreo

O Android 8 Oreo trouxe melhorias importantes de desempenho, o sistema trouxe uma multitarefa melhorada, já que conta com o Picture-in-Picture, que permite ter uma janela menor para ver vídeos e utilizar o restante da tela como quiser.

Android 8 Oreo

Uma grande novidade surgiu com o Android 8.1 Oreo, que trouxe o Android Go, uma versão otimizada para aparelhos simples que possuam pouca memória RAM.

  • Android 9 Pie

O Android 9 Pie foi lançado há pouco tempo, o sistema tem como foco a inteligência artificial que te ajudará a economizar bateria e muito mais.

Digital Wellbeing (Bem-estar Digital)

Nessa versão do Android o interessante é o Bem-estar Digital, ele mostra os apps e o tempo que você utiliza cada um deles, tem a função de colocar limites diários para cada aplicação, o que no final pode te render horas extras com sua família e amigos no mundo real e assim não deixando o mundo virtual atrapalhar a sua vida no geral.

Resumo

Em 10 anos de Android vimos muitas mudanças e melhorias sendo implementadas, atualmente o sistema ainda tem muito que melhorar, principalmente na área de atualização, mesmo que o Projeto Treble venha fazendo um grande sucesso e melhorando esse aspecto, o Google só precisa tomar ações mais drásticas com as fabricantes para o sistema Android se tornar excelente para todos.

Via: Google

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + onze =

Send this to a friend