Escreva para pesquisar

Notícias

Pesquisa revela que luz azul da tela pode até causar cegueira

A luz azul das telas, segundo pesquisa podem trazer consequências mais graves do que perder somente o sono, em casos graves pode até mesmo causa cegueira nos usuários.

Nos últimos anos com os telefones inteligentes sendo muito populares, a luz da tela começou a ser pesquisada, muitas dessas pesquisas revelaram que a luz azul traz até a perda do sono, mas novas revelações indicam que a situação é pior do que era imaginado inicialmente.

Agora uma equipe de pesquisa da Universidade de Toledo descobriu que a luz emitida pelas telas de telefones e monitores em geral é mais prejudicial do que outros estudos mostraram.

A pesquisa expõem que a luz azul, ainda mais no escuro, pode desencadear a produção de moléculas toxicas no interior das celulares fotorreceptoras do olho, o que leva a degeneração macular, ou visão turva e até em casos extremos a cegueira na parte central do campo visual.

Galaxy Note 9

Infelizmente quando o usuário fica olhando para uma tela com luz azul, algumas células do olho de forma automática é convertida em molécula tóxica, que no fim acaba matando as células dos fotorreceptores, que quando são mortas, não são regeneradas nunca mais.

Existem várias formas de evitar a morte dessas células, uma molécula chamada alfa-tocoferol impede a morte das células, mas infelizmente essa solução não é algo muito funcional em pessoas mais velhas, já que naturalmente os olhos já apresentam uma degeneração macular mais avançada em comparação com as pessoas mais novas.

De forma mais simples e rápida, a melhor proteção é usar óculos que filtram a cor azul das telas e monitores, ou ativar o modo de proteção para os olhos, que muitas vezes já vem de fabrica nos telefones e nos monitores, em ultimo caso, o melhor a se fazer é baixar um aplicativo para filtrar a cor azul da tela do Android e utilizar as telas apenas em lugares iluminados, já que no escuro a situação é ainda mais agravada.

Via: Techspot

Tags:

Você pode gostar de

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to a friend