Notícias

Pesquisadores criam bateria com extintor automático embutido

Galaxy Note 7 pegando fogo

Nos últimos anos a tecnologia está evoluindo muito rapidamente, a segurança por outro lado também está sendo melhorada para evitar maiores problema para os usuários de eletrônicos.

Pesquisadores criam bateria com extintor automático embutido, algo muito eficiente e que poderá evitar acidentes.

Há males que vem para o bem, quem não conhece esse ditado, ele é algo que representa fielmente o que acontece com o Galaxy Note 7, depois dos problemas que o aparelho apresentou, todas as fabricantes estão investindo em segurança, algo que podemos conferir em “LG revela que bateria e smartphone LG G6 não vão superaquecer por ter dissipação”.

Claro que os pesquisadores da Universidade de Stanford nos EUA, também estão querendo melhorar a segurança dos dispositivos, por isso, eles estão investindo em melhorias que podem manter a bateria segura até mesmo em ambiente de alta temperatura.

Nos últimos anos, com um aumento de eletrônicos usando baterias, os casos de problemas que explodiram ou causaram danos de alguma forma para os consumidores não param de crescer, muitos casos são relacionados com o aquecimento ou até mesmo a baterias defeituosas.

Bateria contra fogo

Para tentar diminuir os muitos acidentes, pesquisadores conseguiram construir uma bateria que libera fosfato de trifenilo que tem ação térmica e ação contra chamas assim como um extintor.

A bateria chega com o fosfato de trifenilo envolto de um composto de microfibras poliméricas, quando uma temperatura muito alta de 150 graus ou superior atinge a bateria, o composto de microfibra se funde e consegue liberar a substância para que a temperatura seja diminuída de forma rápida e eficiente.

Em um acidente mais perigoso e que a bateria apresente chamas, o fosfato de trifenilo consegue agir como um extintor e dentro de 0,4 segundos consegue apagar todo o fogo de uma só vez.

Muitas baterias no passado já tentaram usar técnicas parecidas, mas muitas tiveram o desempenho prejudicado, essa nova bateria é mais segura e não apresentou problemas com a duração da carga.

A nova tecnologia ainda está sendo estudada para ser melhorada, por isso, ainda deverá demorar um bom tempo para essa novidade ficar disponível para a fabricação em massa.

Via: Engadget

Artigo AnteriorPróximo Artigo
Sou uma pessoa que adora tecnologia, que gosta de ajudar, principalmente quando tem tecnologia envolvida, espero conseguir trazer muitas informações, aplicativos e principalmente jogos para todos que gostam de Android.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *