Notícias

Chrome OS e Android não irão se fundir como os rumores do Andromeda falam

Android Logo

Nos últimos dias os rumores estão mostrando que o sistema Android pode ser substituído por um novo sistema criado pelo Google, mas agora iremos conhecer a verdade.

Chrome OS e Android não irão se fundir como os rumores do Andromeda falam, Google tem planos bem diferentes para os sistemas atuais.

Muitos sites revelam que os rumores estão apontando que o sistema Andromeda seria o sucessor do Android, assim o Android seria abandonado pelo Google.

Atualmente o sistema Android é muito usado em smartphones, tablets, dispositivos vestíveis, já o Chrome OS foi desenvolvido para trabalhar em notebooks, por isso, o sistema é leve e quase não ocupa espaço.

Android Google Chorme

Para quem ainda não conhece, o Andromeda é hipoteticamente um sistema “tudo em um”, ou seja, ele poderia ser usado para substituir o sistema Android como para ser o substituto oficial do Chrome OS.

Mas agora, Hiroshi Lockheimer que é SVP do Android, Chrome OS e Play, em uma entrevista revela o que o Google pretende fazer com os sistemas atuais que estão no mercado.

Em sua entrevista ao ser perguntado sobre a unificação do Chrome OS com o Android para criar um sistema único como é o Andromeda, o Hiroshi deixou bem claro que o Google não tem a intenção de unificar os sistemas, pois eles são destinados para diferentes tipos de consumidores.

O Chrome OS, por exemplo, é atualizado diretamente pelo Google a cada seis meses, o Android não possui data especifica de atualização e é mais dependente das fabricantes para receber uma nova versão de forma oficial.

Hiroshi explica que unir as duas plataformas para criar um novo sistema não está nos planos do Google, mas eles querem pegar o que existe de melhor em cada sistema e levar para o outro, temos como exemplo, a chegada da loja Google Play no Chrome OS e a chegada da nova forma de atualização do Android 7 Nougat que é a mesma usada no sistema Chrome.

Google quer ver mais recursos transitando entre os sistemas, mas a unificação real seria difícil já que os consumidores são diferentes e com essa mudança, muitos poderiam abandonar o sistema no futuro.

Google Pixel

Algo interessante é que Hiroshi também explica o motivo do Google investir na linha Pixel, a intenção é que os smartphones tenham como foco os usuários de iPhone e pessoas que ainda não usaram o sistema Android.

Os Google Pixel chegam com valor alto para não atrapalhar as vendas e o mercado de muitas fabricantes, a entrada do nome Google nos smartphones também não foi por acaso, isso é para mostrar que a empresa está focada totalmente na experiência do consumidor desde o hardware até o sistema operacional, assim como acontece com a Apple e os iPhone.

Então os rumores que o Android 7 Nougat seria o último Android foram desmentidos de forma oficial, você não precisa se preocupar, o sistema ainda será conhecido como Android por um longo tempo.

Você pode conferir a entrevista completa de Hiroshi Lockheimer no vídeo no meio da matéria.

Via: Chromeunboxed

Artigo AnteriorPróximo Artigo
Sou uma pessoa que adora tecnologia, que gosta de ajudar, principalmente quando tem tecnologia envolvida, espero conseguir trazer muitas informações, aplicativos e principalmente jogos para todos que gostam de Android.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *