Notícias, Sony

Mesmo com proteções contra água fabricantes não recomendam usar aparelhos dentro d’água

Xperia Z3+

Nos últimos anos fica evidente que a proteção contra água está sendo um grande diferencial, mas nos últimos lançamentos mesmo com proteções contra água fabricantes não recomendam usar aparelhos dentro d’água.

A primeira vez que vi uma fabricante não recomendar o uso do aparelho dentro d’água, mesmo com proteção contra água foi a Motorola, que inclusive no site da fabricante mostra que o seu novo Moto G 2015 de terceira geração é somente resistente a água, como podemos ver na imagem abaixo:

O novo Moto G 2015 chega com a proteção IPX7 que permite que os aparelhos sejam submersos por até um metro de profundidade e suportem ficar até 30 minutos desse jeito, logicamente sem causar qualquer dano ao dispositivo.

Moto G proteção água

Mesmo com uma proteção poderosa como essa, a Motorola em momento algum recomenda entrar na água com o novo Moto G 2015, inclusive a fabricante fala que a proteção é contra acidentes como deixar o aparelho cair em poças d’água e outros.

Agora a Sony com seu Xperia Z5 também não recomenda que os aparelhos sejam usados dentro d’água, os novos aparelhos da linha Xperia Z5 você pode conferir em “Sony anuncia novo Xperia Z5 e Xperia Z5 Compact” e em “Com tela de 4K, Sony mostra o seu melhor com o Xperia Z5 Premium com aço inoxidável”.

Todos os novos Xperia Z5 possuem a proteção IP68 que permite que aparelhos suportem a profundidade de um metro e meio e que fiquem por no mínimo 30 minutos sem qualquer problema.

Mesmo com essa proteção intensiva contra água a Sony aconselha que os compradores dos novos aparelhos Xperia Z5 não usem o aparelho dentro água, segundo a fabricante o aparelho não foi testado para funcionar normalmente submerso e por isso pode apresentar problemas mesmo com as proteções.

Xperia M2 Aqua

Segue as palavras da Sony sobre a proteção do Xperia Z5 que estão na página do aparelho e foram descobertas pelo site xperiablog:

“Operar ou mover o dispositivo quando este está submerso não é testado durante os testes de laboratório. Há também muitos fatores ambientais que não podemos avaliar (por exemplo, movimento de água ou de pressão de água mudanças durante o movimento), se um dispositivo é usado debaixo d’água. Por isso recomendamos que não submergir com o Xperia Z5 na água. ”

Ao que tudo indica a Motorola em primeiro lugar está tentando se prevenir de possíveis aparelhos que possam chegar em garantia e que estão cheios de água, como em nenhum lugar está descrito que o usuário pode nadar com o dispositivo o dono pode perder a garantia do aparelho por mal-uso.

No caso da Sony a empresa claramente quer evitar consertar aparelhos que foram submergidos em água, não é novidade encontrar donos de aparelhos da Sony com dispositivos danificados mesmo eles suportando serem submersos em piscinas. Com essa nova abordagem a Sony abre precedente para não precisar consertar aparelhos que estejam na garantia, mais também evita que usuários usem o aparelho dentro d’água e assim consequentemente diminuem os casos de aparelhos que param de funcionar por água ter entrado em seu interior.

Artigo AnteriorPróximo Artigo
Sou uma pessoa que adora tecnologia, que gosta de ajudar, principalmente quando tem tecnologia envolvida, espero conseguir trazer muitas informações, aplicativos e principalmente jogos para todos que gostam de Android.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *