Interessante

Conheça o primeiro Android, o primeiro Nexus e dispositivos que foram ao espaço

HTC Dream ou T-Mobile G1

Hoje iremos falar um pouco dos dispositivos do sistema Android, iremos conhecer o primeiro Android, o primeiro Nexus e os aparelhos que chegaram ao espaço.

Já falamos que o Google comprou o Android e não foi o responsável pela criação do sistema, mas também revelamos as diferentes variações disponíveis.

Para te fazer entender ainda mais a história do sistema, iremos falar do primeiro aparelho Android, o primeiro dispositivo Nexus e alguns Androids que foram enviados ao espaço.

Primeiro aparelho Android

HTC Dream ou T-Mobile G1

htc-dream-1

Com especificações muito simples para os dias atuais, o HTC Dream chegou com essas configurações:

Tela de 3.2 polegadas com resolução de 480×320

Processador Qualcomm com velocidade de 528MHz e Adreno 130

Memória interna de 256MB com entrada para cartão de memória e memória RAM de 192MB

Câmera traseira de 3.15MP com foco automático

Wi-Fi 802.11 b/g, Bluetooth e GPS

Bateria de 1150mAh

Android 1.0.

Em uma época em que especificações não queriam dizer nada para smartphones, o HTC Dream chegou e revolucionou por causa do seu hardware e chamou a atenção por possuir o sistema Android que na época foi recebido por muitas críticas por sua falta de funcionalidades conhecidas, mas também foi alvo de excelente críticas por ser totalmente aberto.

O HTC Dream também é conhecido em muitos lugares da Europa e em todo os EUA como T-Mobile G1, na Polónio o aparelho é conhecido somente por G1, o dispositivo foi lançado oficialmente em 2008 e já trouxe integração com os serviços do Google e até mesmo a loja Android Market que mais tarde passou a se chamar Google Play.

Primeiro aparelho Nexus

Como a HTC foi a primeira fabricante a acreditar no sistema Android, o Google resolveu chamar a fabricante para produzir seu primeiro aparelho Nexus, confira as especificações do aparelho:

Nexus One

htc-nexus-one-1

Tela de 3.7 polegadas com resolução de 800×480

Processador Qualcomm Snapdragon S1 com velocidade de 1GHz e Adreno 200

Memória interna de 512MB com entrada para cartão de memória e 512MB de RAM

Câmera de 5MP com flash e foco automático

Wi-Fi 802.11 a/b/g, Bluetooth 2.1 e A-GPS

Bateria de 1400mAh

Android 2.1 Eclair.

htc-nexus-one

O Nexus One chegou como um aparelho especialmente produzido para desenvolvedores, com hardware avançado para a época e o Google ainda garantiu atualizações para o dispositivo, assim um desenvolvedor não precisaria comprar sempre um novo telefone com o lançamento de uma nova versão do Android.

Lançado em 2010 o Nexus One chamou atenção de todos por ter atualizações garantidas e por isso caiu nas graças do povo e começou a ser o aparelho mais desejado com o sistema Android.

Aparelhos Androids no espaço

Em 2013 a Nasa fez algo inédito e mandou alguns aparelhos com o sistema Android para o espaço, a experiência foi feita para testar se aparelhos simples podem fazer tarefas avançadas como controlar um satélite.

Na época os smartphones tinham um processador mais rápido e mais memória do que alguns satélites existentes, para os testes a Nasa enviou para o espaço dois Nexus One e um Nexus S.

Os aparelhos foram enviados para tirar fotos, monitorarem e controlar os satélites, testar aplicativos feitos especialmente por cientistas, entre outros.

O novo Galaxy S6 também teve um pouco de aventura no espaço, graças ao fabricante de acessórios Slickwrap que enviou o aparelho ao espaço através de um balão.

Por incrível que pareça o Galaxy S6 retornou do espaço sem qualquer defeito mesmo ficando um bom tempo em uma temperatura de -54°.

Curiosidades

O Android 1.0 e 1.1 nunca receberam um apelido oficial e até hoje são conhecidos somente por números, a tradição de adotar nomes de guloseimas só começou a valer do Android 1.5 “Cupcake” em diante.

O sistema Android inicialmente seria lançado para câmeras, mas a ideia foi descartada por falta de mercado, outro fato interessante é que quando o Android estava praticamente finalizado o Google foi obrigado a adaptar o sistema para telas de toque para conseguir competir com o iPhone, LG e outros concorrentes da época que chegavam com essa tecnologia.

Confira mais curiosidades em nossa Seção Interessante.

Artigo AnteriorPróximo Artigo
Sou uma pessoa que adora tecnologia, que gosta de ajudar, principalmente quando tem tecnologia envolvida, espero conseguir trazer muitas informações, aplicativos e principalmente jogos para todos que gostam de Android.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *