Notícias, Xiaomi

Xiaomi afirma que aparelhos top de linha não chegarão com entrada microSD

cartão microSD

Xiaomi afirma que seus novos aparelhos top de linha não chegarão com entrada microSD e provavelmente sem baterias removíveis.

Nos últimos anos a entrada microSD vem perdendo espaço nos aparelhos, a linha Nexus é um símbolo dos aparelhos que não possuem entrada para cartão de memória, para a Xiaomi os seus aparelhos top de linha seguirão esse caminho e não será possível expandir a memória interna.

Hoje a Xiaomi lançou seu novo top de linha o Mi Note Pro que possui processador Snapdragon 810 com proteção contra aquecimento, 4GB de memória RAM, 64GB de memória interna e sem entrada para cartão MicroSD.

Mi Note Pro

Em entrevista ao Engadget, o vice-presidente da Xiaomi o brasileiro Hugo Barra, afirma que os novos top de linha da fabricante não terão entrada microSD para expandir a memória do aparelho. Tudo para que os dispositivos possam ser usados ao máximo e sem problemas externos.

Facilmente no dia-a-dia encontramos cartões de memória falsificados com um preço baixo, eles possuem um desempenho fraco e as vezes pode apresentar problemas nos seus smartphones.

cartão microSD

Segundo Hugo Barra quando um cartão começa a ter algum problema ou é lento, o usuário do aparelho costuma em primeiro lugar colocar a culpa no aparelho, logo depois a culpa vai para a fabricante, depois o culpado pode ser algum app ou jogo, mas na realidade o problema sempre foi o cartão de memória e o microSD sempre é a último lugar em que alguém procura algum problema.

Para evitar esses problemas desnecessários para o usuário e para a fabricante a escolha da retirada da entrada microSD dos aparelhos top de linha foi a melhor solução. Mas para aparelhos mais simples a entrada de cartão de memória continuará a existir normalmente, esses aparelhos chegam com preço baixo e por isso possuem pouco espaço interno e o microSD é necessário nesses casos para guardar o conteúdo multimídia do usuário.

Xiaomi Mi Note Pro

Com carregadores portáteis ficando mais baratos e com os novos aparelhos chegando com baterias que duram o dia todo com folga, a Xiaomi não vê muito vantagem em baterias removíveis já que dificilmente um usuário irá precisar trocar a bateria em um dia de uso.

Segundo a reportagem a chegada da Xiaomi ao Brasil irá acontecer em algumas semanas e que atualmente está ocupando muito o tempo do Hugo Barra.

Artigo AnteriorPróximo Artigo
Sou uma pessoa que adora tecnologia, que gosta de ajudar, principalmente quando tem tecnologia envolvida, espero conseguir trazer muitas informações, aplicativos e principalmente jogos para todos que gostam de Android.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *