Notícias

Fabricantes precisaram colocar 20 aplicativos do Google em seus Androids

App Google

Segundo algumas informações do novo acordo entre as fabricantes e o Google, as fabricantes precisam colocar no mínimo 20 aplicativos do Google em seus aparelhos para terem suporte da empresa e ter acesso a loja Google play entre outros.

Já faz um bom tempo que o Google lançou o projeto Open Headset Alliance que visa fazer as fabricantes modificarem o mínimo possível do sistema Android e manter um suporte de no mínimo 18 meses para cada dispositivo lançado.

Quem assina o acordo da Open Headset Alliance fica ciente que não poderá lançar versões diferentes do sistema Android como a Nokia e a Amazon faz, isso para evitar a fragmentação do sistema e as fabricantes precisam dar um suporte mínimo para seus aparelhos.

Outra novidade é que as fabricantes que fazem parte desse grupo agora são obrigadas a lançarem seus aparelhos com uma versão recente do Android com isso o Google visa trazer sempre aparelhos com as versões mais novas do sistema.

Logicamente que quem segue essas regras tem suporte do Google e acesso aos aplicativos padrões do Android com o caso da loja Google Play, Gmail, Gmaps e muitos outros.

Mas o Google sempre exigiu um número mínimo de seus aplicativos em cada aparelho, agora esse mínimo pode subir para 20, isso segundo o The Information, essa afirmação acontece depois de eles terem acesso aos novos acordos de licenciamento do Android.

App Google

Agora as fabricantes que querem usar o Android com todas as suas qualidades precisam seguir essa listra:

Ter no mínimo 20 aplicativos do Google instalados nos dispositivos

Na página inicial os dispositivos precisa ter acesso ao Google Now e suporte para o “OK Google”

Ainda na página inicial deve conter uma barra de pesquisa do Google e suporte para o gesto de ativar o Google Now

Os 20 aplicativos exigidos precisam estar em uma posição de destaque na página inicial, mesmo que seja dentro de uma pasta

O bootanimation “animação quando liga o aparelho” precisa ter o logo do Google ou mostrar que o dispositivo é “powered by Android”

E por fim o serviço de pesquisa padrão do Android precisa ser o do Google.

Essas novas regras podem não fazer muita diferença para muitos usuários, mas para aqueles que compram dispositivos com pouca memória interna esses aplicativos extras podem tomar um pouco dos seus preciosos MB.

O pior é que esses aplicativos que você não irá usar não podem ser removidos sem root e no máximo o que você poderá fazer é desativar alguns deles para que não ocupem mais espaço do que já ocupam de fábrica.

Artigo AnteriorPróximo Artigo
Sou uma pessoa que adora tecnologia, que gosta de ajudar, principalmente quando tem tecnologia envolvida, espero conseguir trazer muitas informações, aplicativos e principalmente jogos para todos que gostam de Android.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *