Ao anunciar que iria comprar a Motorola o Google falou que o principal objetivo da compra era proteger o sistema Android e suas parceiras por isso a compra da Motorola várias vezes foram atribuídas as patentes, mas parece que o Google tinha um plano maior por trás disso.

Vamos ver o cenário atual no momento; a Samsung tem cerca de 40% do total de dispositivos vendidos com o sistema Android, isso dá cerca de 200 milhões de aparelhos a mais do que o segundo concorrente, com isso a Samsung ganha 10% de toda publicidade mobile do Google.

Mas tantos aparelhos com Android não deveria ser bom para o Google? Por uma parte sim, mas em compensação isso é muito ruim porque assim a Samsung pode tomar o controle de mais da metade dos Androids no mundo todo e se de repente ela simplesmente retira-se a Google Play e coloca-se a sua própria loja de aplicativos?! Só com isso o Google iria perder metade dos seus rendimentos com multimídia, aplicativos e jogos que vem desses aparelhos.

Outra coisa que pode acontecer é de a Samsung ficar tão forte no sistema que as outras fabricantes tentem usar novos sistemas abandonando aos poucos o Android e com isso o Google ainda teria prejuízo já que menos aparelhos teriam o sistema e os sistemas adversários aos poucos iriam aumentar a participação no mercado.

A compra da Motorola entra para evitar esses casos, com o Google a fabricante irá fabricar smartphones de alto nível, além de visar corrigir os erros comuns das fabricantes de Android, por exemplo, a Motorola já está lançando seus aparelhos com uma bateria potente para que dure o dia todo em uso normal, outro pronto que alguns rumores apontam é para o Phone X que tudo indica que pode vim com o Android puro, o que o tornaria um quase Nexus e consequentemente um grande número de pessoas iriam querer o aparelho.

Em resumo a compra da Motorola tem o objetivo de não deixar um único fabricante dominar totalmente o sistema Android, assim evitando que algumas fabricantes menores se afastem do sistema e comecem ou utilizem outros sistemas, no final o Google só está querendo manter uma igualdade entre todas as fabricantes e no momento a única arma que ela tem e pode usar para isso é a Motorola, vamos esperar e ver o que de fato o Google irá fazer.

Conteúdo original do site Ajudandroid